CAMINHOS DE PAPEL

domingo, julho 30, 2006

TROPA DE MULAS



É sabido que, no passado, tropas de mulas eram trazidas do sul do país para serem negociadas na região de Sorocaba. Era um negócio lucrativo e foi importante no desenvolvimento das regiões sudeste e centro-oeste. Nesse percurso do Rio Grande do Sul até seu destino, esses aventureiros criaram vilas que acabaram se transformando em cidades.
O tempo e a evolução dos transportes deu fim a essas heróicas jornadas, hoje pouco lembradas pelos brasileiros.
Foi no programa Globo Rural, da TV Globo, que esses heróis e suas jornadas foram relembrados através da recriação dessas caminhadas. Na edição de hoje, foi mostrado o início de uma viagem de tropa, partindo de seus pontos originais. O caminho a ser percorrido será o mesmo, passando por cidades agora enormes ou caminhando por asfalto, mas sempre relembrando o que eram aquelas aventuras.
Sempre emociona ver que brasileiros se esforçam para manter o espírito vivo daquilo que hoje é história, mas um dia foi epopéia. Emociona também, ver que jovens partilham dessa aventura e até crianças, mesmo sem participar, também são tocadas pelo espírito da aventura. Foi mostrado um menino, devidamente pilchado (para quem não sabe, significa caracterizado como gaúcho), manejando o laço, pois trazia no sangue a marca de seus ancestrais.
Emocionante também, foi a presença de “José Tropeiro”, de 83 anos, também trajado, e louco para participar da jornada. Claro, não lhe foi possível, mas nem por isso deixou de mostrar sua força de tropeiro, gaúcho e brasileiro: com essa idade, ainda monta, laça e disputa torneios com seu filho e seu neto.
A história está presente na pessoa de “seu” José, brasileiro, gente do povo, gente nossa.
E pensar que certa pessoa vem e nos diz que, além dela, só Getúlio Vargas se aproximou mais do povo.
Pára de falar besteira, tchê.



3 Comentários:

  • Às 4:45 AM , Anonymous Anônimo disse...

    Olá, Carlos:
    Também vi boa parte do programa e fiquei encantada. Fiquei com o encanto dentro de mim. Você escreveu sobre ele, passou o encanto adiante. Muito legal. É assim que deve ser.

     
  • Às 3:24 PM , Anonymous lucia disse...

    não assisti esse programa, mas pelo seu comentario deu para sentir que foi muito bom. Quanto ao que o outro diz, o negócio é deixar entrar por uma orelha e sair por outra. bjo

     
  • Às 4:44 PM , Anonymous Mônica Montone disse...

    bota besteira nisso, Carlos, rs*

    Obrigada pela visita ao Fina Flor, viu? Volte sempre que quiser ;o)

    beijocas e bom fim de semana

    MM

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial